domingo, 17 de maio de 2015

Criação do Mundo

Desenho animado sobre a criação do mundo segundo a Bíblia Sagrada

domingo, 19 de abril de 2015

Religião sem fé - Pe. Paulo Ricardo

Palestra do Pe. Paulo sobre a virtude da esperança, que só é verdadeiramente tal em Deus.

Pe. Paulo Ricardo de Azevedo Junior durante o evento Aprofundamento Universitário, promovido pela Canção Nova nos dias 4 e 5 de fevereiro de 2011 em Cachoeira Paulista-SP.




quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Corcovado and Christ the Redeemer

Primeiro modelo 3D do mais importante monumento do Brasil usando 2090 imagens adquiridas pelo UAV Aeryon Scout e reconstruídos com Pix4Dmapper.



Christ the Redeemer Rio

Primeiro modelo 3D do mais importante monumento do Brasil usando 2090 imagens adquiridas pelo UAV Aeryon Scout e reconstruídos com Pix4Dmapper. 


domingo, 15 de fevereiro de 2015

Estado Islâmico divulga vídeo de decapitação de 21 cristãos egípcios

... os finais dos tempos está se aproximando ...


Clique aqui para acessar a matéria original postada em 15/02/2015 no site ultimosegundo.com.br

“Vamos conquistar Roma, com a permissão de Alá”, disse militante do grupo extremista

AP


Reféns antes da decapitação
Reprodução/Excelsior/Al Hayat
Reféns antes da decapitação

Um vídeo mostrando a decapitação em massa de reféns cristãos copta foi lançado por militantes na Líbia, que alegaram fazer parte do grupo extremista Estado Islâmico.


Militante com sotaque americano fala para a câmera
Reprodução
Militante com sotaque americano fala para a câmera

O vídeo, divulgado neste domingo, mostra vários homens vestidos com macacões laranja sendo conduzidos ao longo de uma praia, cada um acompanhado por um militante mascarado. Os homens são obrigados a se ajoelhar e, em seguida, um militante vestido diferente dos outros, fala para a câmera com um inglês com sotaque americano. Logo em seguida os reféns são colocados com o rosto virado para baixo e decapitados simultaneamente.
O militante então aponta para o norte e diz: “Vamos conquistar Roma, com a permissão de Alá”.
Veja os reféns que já foram mortos pelo Estado Islâmico anteriormente:

Kayla Mueller, refém norte-americana do Estado Islâmico, morreu na terça-feira (10 de fevereiro); segundo o grupo terrorista ela teria sido vítima de um bombardeio da Jordânia na Síria . Foto: AP
Estado Islâmico divulga vídeo onde suposto piloto jordaniano é queimado vivo em gaiola, no dia 3 de fevereiro. Foto: Reprodução/Twitter
O jornalista japonês Kenji Goto foi morto pelos extremistas do Estado Islâmico no dia 30 de janeiro. Ele havia viajado para a Síria visando libertar o refém Yukawa. Foto: AP
Imagem obtida por meio de vídeo do Estado Islâmico mostra o japonês Haruna Yukawa (à dir.), que foi decapitado em 24 de janeiro. Ele foi à Síria por ser fascinado por guerras. Foto: AP
O americano Peter Kassig foi identificado como o homem decapitado pelo Estado Islâmico em 16 de novembro de 2014. Ele era voluntário na Síria. Foto: Reuters
No dia 3 e outubro de 2014, o voluntário inglês Alan Henning foi decapitado pelos terroristas do Estado Islâmico. Foto: Reprodução/Youtube
Vídeo mostra decapitação do refém britânico David Haines, que era voluntário na Síria e foi morto em 13 de setembro de 2014. Foto: Reuters
Imagem feita a partir de vídeo postado na internet pelo Estado Islâmico mostra jornalista americano Steven J. Sotloff antes de ser decapitado, no dia 2 de setembro de 2014. Foto: AP
Insurgentes do grupo jihadista Estado Islâmico divulgaram a decapitação do jornalista americano James Foley em 19 de agosto de 2014. Foto: Reprodução/Youtube
Kayla Mueller, refém norte-americana do Estado Islâmico, morreu na terça-feira (10 de fevereiro); segundo o grupo terrorista ela teria sido vítima de um bombardeio da Jordânia na Síria . Foto: AP
1/9











Militantes na Líbia estavam mantendo 21 egípcios cristãos reféns por semanas, ameaçando-os de morte. Os autores do vídeo se identificaram como provenientes da província de Trípoli, do Estado Islâmico, grupo extremista que controla cerca de um terço da Síria e do Iraque.


Militantes do grupo extremista levam reféns para o local da execução
Reprodução
Militantes do grupo extremista levam reféns para o local da execução

O governo egípcio declarou um período de luto de sete dias e o presidente Abdel Fattah el-Sissi convocou uma reunião de segurança nacional de emergência, para discutir uma resposta ao grupo extremista. El-Sissi enviou condolências "às vítimas do terrorismo", segundo um comunicado divulgado pela presidência.

Qalini Sanyout, cujos dois sobrinhos estavam entre os reféns, atendeu ao telefone no domingo à noite em meio ao som de gemidos ao fundo.
"O que podemos dizer? Alguém pode nos dizer se isso é verdade?", disse ele, repetidamente. "A vila inteira está de luto. Os homens estão cobrindo suas cabeças com poeira e lama."

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

Empresa sueca implanta chips em funcionários





Aqui no Brasil, quem trabalha fora de casa geralmente está acostumado a usar crachás e cartões para entrar em prédios comérciais ou no transporte público. No entanto, isso pode mudar no futuro e ficar, literalmente, na palma da mão.
Isso porque em Estocolmo, na Suécia, um edifício comercial começou a implementar chips em seus funcionários para que eles possam acessar o local. Um exemplo desses funcionários é Elicio da Costa, que já abre a porta do seu escritório aproximando a mão de um leitor na parede. Além disso, Costa é capaz até mesmo de acionar a máquina de xerox da empresa com a mão.
Os chips usam tecnologia de radiofrequência (RFID) e estão sendo implantados por um grupo cibernético sueco com a ajuda de tatuadores. A expectativa é que outras 700 pessoas implementem o chip e em breve, elas também possam fazer login em computadores ou ainda, fazer pagamentos.
O único problema é que por enquanto, a tecnologia ainda carece de alguns aprimoramentos. Em teste feito feito por Rory Cellan-Jones, jornalista da BBC, o chip permitiu até mesmo inserir seu cartão de visitas eletrônico. Contudo, ele não funcionou tão bem em alguns equipamentos e foi preciso contorcer a mão para eles serem ativados.

Via BBC




Nota do blog:
As tecnologias estão simplificando a vida, tornando nosso dia-a-dia mais fácil e prática...
Porém terá ela relação com a marca da besta? 
Chegará o dia em que nada/ninguém  poderá ser comprado/vendido se não possuir a marca da besta... os objetos para serem comprados/vendidos deverão ter um chip e a pessoa para comprar/vender/estudar/consultar/trabalho/etc. também ter um chip implantado em seu corpo?
Que nos aguarde o futuro...



domingo, 25 de janeiro de 2015

Relógio do Juízo Final avança dois minutos

Matéria original disponível em www.emresumo.com.br, postada em 23 jan 2015 - 09h 34


O Ponteiro do Relógio do Juízo Final, também conhecido como Pêndulo do Apocalipse, que simboliza a iminência de um cataclismo planetário, foi adiantado em dois minutos e agora está a apenas três minutos da meia-noite catastrófica, disseram cientistas internacionais nesta quinta-feira.
O Boletim dos Cientistas Atômicos, uma associação que conta com 18 prêmios Nobel entre seus membros, considera "muito alta a possibilidade de que ocorra uma catástrofe planetária se não forem tomadas medidas rapidamente" contra o aquecimento global e a corrida armamentista nuclear, que ameaçam a civilização.
O célebre relógio ('The Doomsday Clock', em inglês) foi criado em 1947 por esta associação para simbolizar a iminência de um cataclismo nuclear. O pêndulo mudou 18 vezes desde então, registrando variações extremas como quando marcou dois minutos para a meia-noite em 1953 e 17 minutos para a meia-noite em 1991.
A última vez que a agulha andou foi em 10 de janeiro de 2012, quando o relógio avançou dois minutos e se posicionou às 23h55.
Quanto mais próximo da meia-noite está seu ponteiro, mais o apocalipse se aproxima da civilização, segundo uma metáfora utilizada pelos cientistas do boletim, que anualmente analisam as ameaças planetárias.
A última vez que ficou a apenas três minutos da meia-noite foi em 1983. Aquele foi o ano mais gelado da Guerra Fria, entre Estados Unidos e União Soviética.
"Hoje em dia, o aquecimento global descontrolado e a corrida armamentista nuclear, como resultado da modernização de enormes arsenais, são ameaças extraordinárias e inegáveis para a sobrevivência da humanidade", avaliou Kennette Benedict.
"E os líderes mundiais não agiram com a rapidez nem a abertura necessária para proteger os cidadãos de uma potencial catástrofe", acrescentou, ao justificar a decisão, de aproximar o ponteiro do relógio da temida meia-noite.
WashingtonEstados Unidos
FONTE(S)
IMAGENS
Wikipédia
---- Ver sobre o relógio apocalíptico na wikipédia

terça-feira, 6 de janeiro de 2015

Chip no corpo humano - Cientistas desenvolvem chip contraceptivo que dura até 16 anos

Marca da besta... seria a implantação de chip no corpo humano?

Não sei ao certo, muitas especulações existem... antes da existência dos chips houveram outras "marcas"... agora são eles a 'bola da vez'....

Como Cristão só me resta vigiar e estar atento... mas se for o chip a forma de "marcar" o povo (de Deus ou não) a porta de entrada está aberta.

Podemos observar que os chips estão sendo utilizados para o bem, para ajudar as pessoas, facilitar a vida e a qualidade desta, porém... o futuro é hoje e também distante... nos resta vigiar...


Matéria original: http://doutorjairo.uol.com.br - clique para acessar
Publicado em 2/jan/2014 

Cientistas desenvolvem chip contraceptivo que dura até 16 anos

Imagine um anticoncepcional que funciona por até 16 anos e não precisa ser tomado todos os dias. Pois a ideia está próxima da realidade, segundo uma equipe de cientistas norte-americanos. Eles criaram um chip eletrônico que, implantado sob a pele, libera doses diárias de contraceptivo.
Os implantes que existem hoje no mercado duram no máximo cinco anos. Além disso, precisam ser trocados com um procedimento que muitas vezes é doloroso. Já o chip em desenvolvimento, além durar mais, pode ser ligado e desligado por um controle remoto.
Um dos cientistas envolvidos na novidade é Robert Langer, do Massachusetts Institute of Technology (MIT).  Feito com titânio e ultrafino, o chip pode ser adaptado para liberar outros medicamentos e já foi testado em pacientes com osteoporose, segundo reportagem publicada no jornal britânico Daily Mail.
O hormônio utilizado nos estudos é o levonorgestrel, bastante utilizado em pílulas anticoncepcionais. A fabricante de microchips que abraçou a causa espera que o novo contraceptivo chegue ao mercado em 2018.
Novos métodos para evitar a gravidez indesejada são sempre bem-vindos, ainda mais quando se leva em conta que algumas mulheres esquecem de tomar a pílula todos os dias.
Mas é sempre bom lembrar que, assim como os implantes existentes hoje, é preciso ter certeza de que a paciente reage bem à substância liberada, já que se trata de um método duradouro e que exige um procedimento para ser retirado. Quando uma mulher não se adapta à pílula, por exemplo, basta interromper o uso.

segunda-feira, 8 de dezembro de 2014